Como fazer o bebê dormir a noite inteira – parte IV (final)

IMG_3690

Olá pessoal! Estamos de volta com a última parte da série “Como fazer o bebê dormir a noite inteira”! Hoje é dia de finalizarmos todos os tópicos e começarmos a colocar a “mão na massa”!

No post anterior vimos: a variação de tempo aceitável entre as mamadas; como estabelecer uma rotina; e, como eu estabeleci a rotina dos meus gêmeos.

Hoje trataremos dos seguintes assuntos:

  1. Quantas sonecas diárias o bebê precisa ter?
  2. Recomendações básicas sobre a soneca
  3. Minha experiência com os gêmeos
  4. Como fazer se seu bebê já estiver acostumado a ser ninado para dormir? Como fazer se seu bebê já estiver acostumado a dormir na mesma cama dos pais?
  5. O segredo do sucesso do sono noturno ininterrupto

Obs.: se este é o primeiro post que você está lendo aqui no blog, recomendo que você faça uma pequena pausa e leia, primeiramente, os três posts anteriores, pois o assunto está sendo abordado de uma forma sequencial.

Podemos começar? Vamos lá!

  •  Quantas sonecas diárias o bebê precisa ter?

Nos primeiros meses de vida, os bebês dormem bastante. A cada ciclo do “EASY” (vimos o que é “EASY“ na parte II da série) tem uma sonequinha no meio, lembram-se? Ou seja, entre uma mamada e outra, sempre há um período de soneca, que é logo depois do período de ficar acordado. Relembrando a sequência: hora de mamar è hora de ficar acordado è hora de dormir. Lembrando que é muito importante não inverter essa sequência!

Conforme o bebê vai crescendo, as sonequinhas vão diminuindo. Segundo o autor do Nana Nenê, normalmente a quantidade de sonecas diárias variam conforme a idade:

  • de 3 a 5 meses: 3 sonecas de 1h30 a 2h cada;
  • de 6 meses a 1 ano e 4 meses: 2 sonecas de 2h cada;
  • de 1 ano e 5 meses a 1 ano e 8 meses: 1 soneca de 2 a 3h cada.
  • Recomendações básicas sobre as sonecas

Chegou o momento de tratarmos da parte mais difícil para nós mães: estarmos preparadas para ouvir um pouco de choro no início.

De acordo com os ensinamentos do autor de Nana Nenê, não devemos ninar ou embalar o bebê para que ele pegue no sono. Isso porque ninar e embalar o bebê cria uma dependência desnecessária.

Sabemos que é uma delícia ninar o bebê, não é? Mas é uma delícia algumas vezes durante o dia, enquanto estamos bem dispostas. Agora imagine ter que ninar o bebê durante a noite, toda vez que ele acorda? Seria uma situação muito desgastante, tanto para a mãe (que passará a noite em claro), quanto para o bebê (que não conseguirá ter um sono contínuo, pois está habituado a dormir no colo da mãe).

E como ficaria uma mãe de múltiplos então? Teria que se dividir em quantas pra poder ninar todos os bebês ao mesmo tempo? Sem condições!

Além disso, também não devemos colocar o bebê para dormir junto conosco (prática conhecida como “sono compartilhada”). Agindo assim, fazemos com que o bebê tenha medo de dormir sozinho no futuro. A criança expressará esse medo lá pelos 2 ou 3 anos de idade, quando mostrar necessidade de que seus pais se deitem com ela na hora de dormir, até pegar no sono.

Sem contar o fato de que dormir junto com o bebê é muito perigoso para ele! Há muitos casos em que os pais, sem perceber, sufocam o bebê!

Assim, o autor recomenda a não criarmos comportamentos que mais tarde necessitarão de correção. Principalmente porque reeducar é uma atividade mais trabalhosa.

A rotina permite que os bebês estabeleçam padrões de sono saudáveis e que sejam colocados no berço acordados.

Desse modo, desde o início, é recomendado que você coloque seu bebê no berço acordado e saia do quarto. No início, o bebê irá chorar. Mas tenha força porque é uma situação totalmente temporária! É necessário agir dessa forma para ensinar seu bebê a se acalmar e pegar no sono sozinho! Pense que é para o bem dele! Assim você encontra motivos que vão te fortalecer a agir dessa forma!

Quando ele aprender, será melhor para todos: para o bebê e toda a família!

  • Minha Experiência com os gêmeos

Vou dividir com vocês como foi minha experiência nesse aspecto das sonecas:

Quando eu os colocava para dormir e saía do quarto, Rafael ficava quietinho brincando com o ursinho até pegar no sono. Não me deu trabalho nenhum. Já o Lucas…cada vez que eu o colocava no berço e saia do quarto, era o maior berreiro. Eu ficava atrás da porta, com o relógio na mão, cronometrando o tempo de choro (cada minuto de choro parecia que era 1h).

Eu esperava de 10 a 15 min atrás da porta. Se o choro continuasse persistente, eu entrava no quarto, fazia carinho nas costas dele (evitava pegar no colo), conversava, confortava-o e saia do quarto novamente. Zerava meu cronômetro. Lá estava eu atrás da porta novamente acompanhando o tempo de choro. Essa cena se repetiu até ele aprender a dormir sozinho.

Foi um período difícil, mas curto. Em uma semana ele não chorava mais quando eu colocava-o no berço. Era só colocar no berço os 2, virar as costas, fechar a porta e pronto! Aí eu ficava de olho neles através da babá eletrônica.

Pela experiência que tive, penso que valeu muito a pena o esforço e paciência durante esse período de choros nas sonecas. Meu coração apertava a cada minuto de choro. Mas no final valeu a pena, consegui ensinar meus filhos a dormirem sozinhos, sem serem ninados. Além disso, eles aprenderam a ter independência e a se acalmarem sozinhos. Foi muito positivo!

Observação importante: cuidado com o momento no qual você está aplicando esses ensinamentos! Tenha certeza de que não há nenhum problema com o bebê quando deixa-lo chorando! Se ele estiver doentinho, não aplique esses ensinamentos nesse momento, pois nesses casos o bebê fica mais carente, chora mais e necessita de colo sim. Portanto, deixe para aplicar as técnicas quando o bebê estiver em perfeito estado de saúde.

  • Como fazer se seu bebê já estiver acostumado a ser ninado para dormir? Como fazer se seu bebê já estiver acostumado a dormir na mesma cama dos pais?

Nesse caso, é necessário eliminar esses hábitos! Como já dito anteriormente, reeducar é sempre uma tarefa mais difícil. Porém, ser mais difícil não significa ser impossível. Apenas significa ser mais trabalhoso. Digamos que você precisará de uma “dose extra” de força (porque não será fácil ouvir seu bebê chorar cada vez que você colocá-lo no berço e sair do quarto) e paciência.

Mais uma vez, nesse momento, gostaria de reforçar o seguinte: pense que você está agindo dessa forma para o bem do seu bebê! Era assim que eu encontrava forças para não desistir e continuar até conseguir! Todo o esforço valerá a pena!

  • O segredo do sucesso do sono noturno ininterrupto

Neste item gostaria de rever com vocês, rapidamente, tudo o que vimos nas 4 séries! Agora que vocês já leram todas elas, será bem interessante fazermos uma revisão geral para concentrarmos todas as informações em um só “local” e para que o assunto fique bem compreensível! Vamos lá então? J

Como vimos, para que o bebê durma a noite inteira ininterruptamente, é necessário que 11 aspectos sejam aplicados em conjunto. São eles:

  1. Tenha rotina (organização + horários);
  2. Respeite os horários das mamadas (podendo haver flexibilidade de 30 min para mais ou para menos);
  3. Não inverta a sequência “hora de comer – hora de ficar acordado – hora de dormir”;
  4. Durante as mamadas noturnas, elimine a etapa “hora de ficar acordado” (apenas amamente o bebê e volte a colocá-lo no berço);
  5. Durante as mamadas noturnas, apenas troque fraldas se estiverem com n. 02 (caso contrário, não troque a fralda – use uma boa pomada e uma boa fralda noturna);
  6. Não ninar ou embalar o bebê;
  7. Não dormir com o bebê na mesma cama;
  8. Durante as sonecas, aplique a técnica de colocar o bebê no berço ainda acordado e saia do quarto;
  9. Não ceda à tentação de examinar o bebê a cada cinco minutos enquanto ele estiver chorando;
  10. Acorde o bebê nas sonecas diurnas, caso chegue o horário da mamada e ele ainda esteja dormindo (nesse caso, acorde-o apenas após os 30 minutos extras que você dará ao bebê – lembram-se da flexibilidade de 30 min para mais ou para menos?);
  11. Tenha paciência!

Segundo o autor de Nana Nenê, em alguns casos, o sucesso vem logo na segunda noite; em outros, demora duas semanas. Mas, a média é um prazo de 3 a 5 dias, EZZO, Gary; Bucknam, Robert. Nana Nenê: como mais de um milhão de novos pais treinaram seus bebês para dormirem à noite de forma natural. São Paulo: Ed. Mundo Cristão, 1997, p. 175.

Realmente, por ser mãe de gêmeos, pude comprovar (através da prática) que o resultado é mesmo variável. Como já mencionei neste post, o Rafael não me deu trabalho nenhum na aplicação dessas técnicas; porém, o Lucas…foi bem difícil com ele! Ele chorava demais cada vez que eu deixava-o no berço e saía do quarto (ele sempre foi mais dengoso). E quando eu voltava para acalmá-lo (depois dos 10 a 15 min de choro), parecia que ele chorava ainda mais.

Porém, apesar do choro forte, cada dia que se passava, o tempo de choro era menor. Até chegar o dia que ele simplesmente não chorou mais. Ele aprendeu a se acalmar sozinho e a dormir sozinho em uma semana! Foi então que percebi que todo o esforço valeu a pena!

Então é isso pessoal! Espero que vocês tenham gostado da nossa série “Como fazer o bebê dormir a noite inteira”! Escrevi tudo com muito carinho, com o objetivo de ajudar as mamães que estão com dificuldades no assunto e a compartilhar minha experiência com vocês.

Afinal, todas as mamães merecem ter uma noite inteira de sono, para que possam estar “prontas para outra” no dia seguinte, não é verdade? Espero muito que esses posts ajudem vocês, de coração!

E não se esqueçam de voltar aqui para me contar quando tudo já tiver dado certo com os bebês de vocês, hein? Quero muito saber!! 🙂

Desde já, desejo a vocês BOA SORTE na aplicação de todas as dicas! Perseverança e paciência! Tudo vai dar certo!

Caso tenham dúvidas, comentários ou sugestões, é só deixar um recadinho abaixo para mim!

Se você gostou do blog e gostaria de receber notificações de novos posts por email, clique no link “seguir” ao lado direito da página! E nossa fanpage do Facebook, já curtiu? 🙂

Não se esqueçam de compartilhar este post com seus amigos o Facebook para que possamos ajudar mais mamães a dormirem a noite toda! Basta clicar em “curtir” logo abaixo deste post, ok?

Até a próxima! Obrigada pela visita!

Observação importante: gostaria de deixar claro que as orientações aqui contidas refletem apenas as experiências que passei com meus gêmeos, baseada em diversas fontes de pesquisa. Desse modo, considere o conteúdo do blog como sendo uma forma de compartilhar as dicas que funcionaram comigo e SEMPRE consulte o médico pediatra de seus filhos! Esse foi meu lado “advogada” 🙂

www.facebook.com/meustwins

http://i.instagram.com/meustwins

www.meustwins.com

Anúncios

Comments

  1. Olá.
    Ótimo blog. Bem prático e objetivo. Estou esperando gêmeos e estou achando as dicas ótimas. Já comprei os livros e não vejo a hora de chegarem para começar os “estudos”. Rsrsrs.
    Você contava com alguém para ajudar na amamentação a noite?
    Beijos
    Maria

    Curtir

    • Oi Maria! Obrigada! Parabéns pelos seus gêmeos!! Vc está de quantas semanas? Jajá você começará o estágio, não se preocupe (rsrsrsrs). Eu tive ajuda de minha mãe e de minha sogra até completarem 8 meses! Elas fizeram um revezamento: quando uma voltava para o Brasil, a outra vinha p/ os EUA. Cada vez que vinham ficavam 2 meses. Posso afirmar com toda segurança que ter a ajuda delas foi fundamental para mim. Eu recomendo a todas as grávidas de gêmeos a aceitarem ajuda. Principalmente nos primeiros meses, pois é difícil cuidar de dois bebês ao mesmo tempo. Sem contar o fato de estarmos recém-operadas (caso tb seja cesárea), que tb dificulta um pouco! Mas no fim dá tudo certo! Beijos e até a próxima!

      Curtir

  2. Minha esposa pediu para ler estes posts, pois estamos esperando gêmeos. Muito bom mesmo. Li com muito critério científico por ser médico. Tudo o que escreveu está correto e de forma muito simples para todos entenderem. Parabéns pela sua iniciativa.

    Curtir

  3. Ariana Quelho says:

    Olá!
    Sou mamãe de um bebê lindo de 31 dias e de princesas de 4 e 2 aninhos.
    Sofri muito a noite enquanto as amamentei no peito.
    Acordava de hora em hora até completarem 1 ano!
    Li seus posts e estou me preparando pra iniciar na próxima semana, Qndo ele estiver com 5 semanas, como vc exemplificou o seu caso.
    Ele é bem dorminhoco de dia mas já tem dado um trabalhinho a noite…
    Mas vou procurar seguir as dicas EASY!

    Curtir

    • Oi Ariana! Parabéns pelos seus três filhos! Que delícia ter um bebezinho em casa, sinto saudades dos meus quando eram bebês! Desejo a você uma BOA SORTE, vai dar tudo certo! Depois volta pra me contar! Bjs!

      Curtir

  4. Meu filho só dorme se estiver enroladinho (charutinho) pq ele assusta muito, ele dorme assusta e acorda a noite interna, por isso tenho fazer o charutinho mais ele não gosta muito, vc tem alguma dica pra ele dormir sem ser no charutinho?
    Amei seus posts.

    Curtir

    • Oi Aline! Obrigada! Difícil dizer, pois os meus tb dormiram enroladinhos por muito tempo!! Eles adoravam dormir assim, sentiam-se mais seguros e confortáveis. Então eu mantive esse hábito por um bom tempo (até uns 6 meses). Acho que usei até demais (rsrs)! No post que fiz sobre “Gêmeos devem dormir juntos ou separados” (20/03/15), tem dois vídeos nos quais você pode verificar como eram os “charutinhos” que eu usava. Quando quis interromper essa prática, eu passei a deixar os bracinhos deles para fora do swaddle (nome do “charutinho” que uso). Ainda vou fazer um review desse produto e você entenderá melhor! Mas essa é uma boa forma de transição (deixar os bracinhos pra fora) quando se quer interromper o uso do “charutinho”…mas tem que ser com um produto que permita essa forma de utilização, como esse que farei o review! Bjs!

      Curtir

  5. Olá! Parabéns pelo blog. Muito didático! Meu filho está com 34 dias. Tenho algumas dúvidas:
    – a única rotina que ele possui até agora é de tomar banho as 21h, mamar e dormir. Acorda novamente 4h depois. Depois dessa mamada 4h depois ataca a cólica dele e ele fica no Moisés de olhos fechados tentando dormir porém a dor não deixa. Então ele fica se contorcendo e soltando puns. Então esse pesadelo vai mais ou menos de 3h da manhã até umas 7h. Seus filhos tiveram cólica? Acho que até as cólicas passarem, não vou muito colocar rotina na madrugada dele. Certo?
    – normalmente ele dorme mamando (peito) ou enquanto coloco para arrotar. Então é raro ter o momento acordado logo após as manadas. Isso é normal?
    – apesar da questão anterior, ele normalmente passa a manhã acordado. Isso não é normal, certo?
    – após mamar e ficar acordado, em que momento coloco no berço? Na hora que está tipo: coçando os olhos? Irritadinho?
    Muito obrigada por trocar ideia!

    Curtir

  6. Oi Catia! Vou tentar responder suas perguntas com base na minha experiência com meus gêmeos, mas recomendo que você leve essas questões para o pediatra, para que ele possa te orientar com precisão, ok? Vamos lá:
    1.1) Meus meninos tiveram poucas cólicas. Mas sempre que eu percebia que estavam incomodados com cólicas, eu dava um remedinho chamado “Colic Calm”, vende em qualquer farmácia aqui dos EUA (não é necessário ter prescrição médica porque ele possui componentes naturais). Obs.: não sei se é vendido aí no Brasil, precisaria verificar.
    1.2) Eu esperaria passar esse período de cólicas para poder aplicar a rotina noturna do Nana Nenê, uma vez que é necessário que o bebê esteja 100% saudável para aplicação das técnicas (o próprio autor do livro deixa isso muito claro)! Uma dica para ajudar o bebê, é fazer massagem na barriguinha e fazer movimentos com as perninhas dele (dobrando e esticando)!
    2) Segundo os autores dos dois livros li, é importante que o bebê tenha um período acordado após a mamada. Nos primeiros dias, isso é muito difícil porque os bebês praticamente dormem o tempo todo, né? Os autores dizem para sempre tentar deixar um pouquinho acordado fazendo atividades com o bebê (nem que seja só um pouquinho). Pode ser: cantar para o bebê, deixar ele olhar o móbile girar, mostrar brinquedinhos, etc (você vai variando as atividades a cada período de ficar acordado). Porém, nas mamadas noturnas, não é para ter esse período de ficar acordado não…é mamar e dormir!
    3) Difícil te dizer, pois não sou especialista no assunto (muito pelo contrário, minha área de atuação não tem nada a ver com a medicina rs). Penso que cada criança tem um jeito, uma personalidade. Não sei te dizer se isso é certo ou errado. Mas converse sobre isso com o pediatra!
    4) Exatamente isso! O bebê dá sinais de que “já deu” para ele (rsrs)…ele começa a ficar irritado, chorando, coçando os olhinhos…o primeiro bebê que sinalizava uma dessas reações, eu já colocava para a sonequinha (os dois juntos)!
    Espero ter ajudado!
    Beijos!

    Curtir

  7. oi juliana! estou com meu pequeno de quase 8 meses, e o sono está bem desregulado… estou querendo usar o método nana nenem, mas estou bem receoso pois o que vi até agora é bem adaptado a recem nascido. o livro fala como seria para bebês maiores?

    Curtir

    • Oi Bráulio! O livro tem um capítulo denominado “Princípios para quem começa atrasado”, no qual o autor responde essa dúvida de muitos pais dizendo que, de forma alguma, seria tarde demais para corrigir o problema. Ele diz que retreinar é sempre mais difícil que treinar corretamente desde o início, mas que é algo que precisa ser feito. Para tanto, ele elenca 3 regras gerais: 1) que os pais tenham lido e entendido todo o conteúdo do livro antes de começar; 2) não tentar fazer quaisquer mudanças enquanto convidados ou parentes de fora estiverem visitando; 3) começar o processo de mudança com o bebê em perfeito estado de saúde. Além disso, também elenca 4 diretrizes gerais: 1) trabalhar a rotina diurna do bebê nos primeiros 4 ou 5 dias; 2) repassar o capítulo “Quando o bebê chora” e estar preparado para ouvir um pouco de choro; 3) não ceder à tentação de examinar o bebê a cada 5 minutos; 4) ser paciente e coerente. Ele finaliza dizendo que, em alguns casos, o sucesso vem rápido (logo na segunda noite); ja em outros, demora um pouco mais (umas duas semanas). Porém, ele coloca como norma, um prazo de 3 a 5 dias. Bem, é isso! Não deixe de ler o livro completo, tem muitos ensinamentos valiosíssimos! Nesses 4 posts da série que publiquei aqui no blog, procurei trazer as informações mais importantes. Porém, é de grande valia a leitura integral do livro! BOA SORTE com seu bebê! Depois volte para me contar o resultado, hein? Abraços!

      Curtido por 1 pessoa

  8. Olá! Minha bebe fará três meses em uma semana. Temos uma rotina para a hora do sono da noite e ela dorme facilmente. O soninho dela vai muito bem de cerca de 18:30h/19h (sendo amamentada dormindo as 21h e 00h) até por volta de 3h, quando ela acorda, se remexendo e fazendo sons como se fosse uma tosse no fundo da garganta. Depois desse horário, dificilmente ela volta a dormir bem. Somente cochilos de meia hora se não damos a mamadeira. O que sempre fazemos é: tentar acalmar primeiro, o que dura cerca de meia hora perdendo o bico e recolocando. Ela dorme cerca de meia hora depois disso. pOr volta de 4h ela acorda novamente, aí as noites que insistimos no bico, ficamos neste ritmo a cada meia hora e foi caos total, fiquei muito cansada. O que fazemos agora às 4h, é nos render à mamadeira. Ela mama e dorme de cerca de 1:30h até as 6h.
    Gostaria muito de acabar com este despertar da madrugada ou se ele acontecer, conseguir controlar rapidamente sem mamadeira.
    Esta técnica de deixar chorar e contar o tempo vale para bebes novinhos como ela? Você aplicou com os seus filhos desde sempre?
    As mamadas que você estipulou você dava, religiosamente, mesmo se eles estivessem dormindo? Até as da madrugada?
    Tenho duvidas também se o despertar dela por volta das 3h já não é pq ela dormiu tudo o que tinha que dormir, já que ela dorme cedo a noite (é impossivel mante-la acordada despois das 18:30h/19h)…
    Obrigada!
    Parabéns pelos posts de rotina!
    Abraços

    Curtir

    • ah! Se você puder me falar também um pouco sobre o horário que eles iam dormir a noite também… Por exemplo, minha filha não tira uma cochilo após a mamada de 18h. A noite dela já começa aí… Ela mama, dou um banho, canto uma musica, rezo com ela e ela vai dormir. Já tentei empurrar este horário e ela não dá conta. Ela apaga sem rtina, sem nada, se eu deixar…

      Curtir

  9. Olá, gostei das orientações e vou começar a praticar, porém meu bb já está com
    7 meses e dorme apenas 3 a 5 horas por noite e com chupeta por isso minha pergunta é: como posso aplicar os métodos indicados e a chupeta cair começar tudo de novo? Ou tiro a chupeta para perder o costume?
    Obrigada e parabéns pelos gêmeos

    Curtir

    • Oi Clea! Tudo bem? Difícil dizer…os meus meninos largaram a chupeta sozinhos, quando ainda eram bebezinhos…eles só usaram enquanto eram recém-nascidos e depois não quiseram mais. Assim, não passei pela experiência de interferir para interromper o uso da chupeta…por isso não sei te dizer. Recomendo você perguntar para o pediatra do seu bebê qual seria a melhor recomendação para o caso. Beijos!!

      Curtir

  10. Oiii… Gosto muito das suas publicações e estou até tentando colocar algumas em prática, sou mãe do Arthur que recém completou 2 meses… Já vejo avanço em dormir sozinho, mas as sonecas durante o dia, são as mais difíceis, durante a semana fico na minha mãe e a noite vou para a casa com meu marido e no final de SEMAna fico somente na minha casa, ele ainda não tem uma rotina estabelecida, mas durante o sono da noite me da pouco trabalho, o ruim mesmo e durante o dia, já que as sonecas diurnas são Um desastre, quando ponho ele no berço ou carrinho ele fica, pode até chorar um pouquinho mas dorme, o problema e que não faz um sono restaurador já que cada soneca dura cerca de 40 minutos e ele já abre o maior berreiro, as vezes vejo q a chupeta caiu e colocou rápido na boca, aii consigo prolongar a soneca em pouca coisa, a verdade e que fico mais cansada de dia que a noite… Vc pode me ajudar porfavor, o que o autor do livro nana nenê fala em relação as sonecas curtas?? Deve deixar ele chorar um pouco até ele dormir de novo, ou devo tira lo do berço, e não tentar aquela soneca mais?? Obrigada meus twins

    Curtir

  11. Oi, tudo bem? Cheguei no seu blog após pesquisar sobre o sono dos bebês gêmeos. Eu tenho um casal de filhos gêmeos de 1 ano e 4 meses. O meu filho dorme razoavelmente bem , mas a minha menina dorme super mal. Eu e a babá nos revezamos para dar conta durante a noite. Acontece que eles dormem no mesmo quarto e as vezes o choro dela é alto e acaba acordando o outro que está dormindo bem. Nessas horas é que entra o desespero do “deixar chorar”. Como vc fazia nessas situações? Cada um tinha um quarto? Eu até tenho o livro nana nenê, mas ouvi falar tão mal dele e acabei não lendo. Agora a necessidade tá despertando minha curiosidade quanto á esse métido. Aguardo sua resposta. bjjjj

    Curtir

    • Oi Diana! Esse livro tem duas correntes opostas: os que amam e os que não aceitam. Eu estou no primeiro grupo, mas respeito o segundo grupo. Para mim, a aplicação desse método foi maravilhosa, eu super indico a todos, fez toda a diferença para nossa família! Quanto à sua dúvida, eu mantinha um berço extra (aquele desmontável) em um outro quarto. Quando eu percebia que o choro de um bebê incomodava o irmãozinho, eu transferia o “chorão” para o outro quarto. Mas isso era muito raro de acontecer. Normalmente o bebê que dormia não se importava com o choro do irmão. Espero ter ajudado! Beijos!

      Curtir

  12. Oiii, tudo bem? Como é bom ter o seu blog para ajudar!espero que vc possa me esclarecer algumas coisas, volto a dizer qje é muito bom ter com quem conversar! para isso vou lhe contar um pouco de mim e de meu bebê! Iniciei a técnica do choro assistido faz uma semana, porém meu bebê continua acordando de hora em hora! Nos temos uma rotina, fugimos dela no final de semana, mas basicamente os horários de comida e mama são os mesmos sempre! O que muda são os horários do sono, eu acredito que ele esteja acordando por causa da chupeta, ela cai, eu coloco de novo e ele volta a dormir, só que isso se repete a cada noite e dia! Ele se alimenta muito bem, mama no peito a cada 4 horas (tem 8 meses).vi teu comentário sobre a chupeta de bichinho, mas ele só chupa a da MAM então não vou conseguir usar essa outra! O que acontece é que ele está com dificuldade de dormir sozinho de dia e de noite, acorda e demora pra dormir de volta, o que eu faço? Eu coloquei um horário para a última mamada as 22h e o primeiro as 5h mas já estou pensando em amamentar ele tbm de 4 em 4 a noite, será necessário? Outra coisa…ele dorme sem embalar, no berço dele, com o bico, mas eu fico todo o tempo do lado, até ele dormir, depois saio, logo estou eu de novo lá! Devo deixar ele sozinho após a rotina da hora de dormir? Aí qdo ele acordar de novo, coloco o bico e saio e deixo ele chorar até. Dormir? O problema é que o bico cai e ele chora mais ainda, aí entro de novo no quarto, assim não consigo deixar ele chorar por 10 min… estou cansada e confusa.. obrigada.

    Curtir

  13. Mamães, vocês não vão acreditar como é fácil fazer com que os filhos durmam a noite toda com esse método. Testado e Aprovado!
    Clique para saber mais -> http://www.maesabetudo.com.br/fada-do-sono/

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s