Como é ter filho nos EUA – o parto

IMG_3507

Bom dia queridos leitores! Agora que vocês já sabem como funciona o pré-natal aqui nos EUA, podemos partir para o tópico seguinte: o parto.

Porém, antes de prosseguirmos, quero passar a vocês algumas informações que sempre me perguntam sobre minha gravidez: 1) engordei 12 Kg; 2) tive diabete gestacional; 3) minha gestação durou 37 semanas.

Como já explicado no post anterior, meu parto acabou acontecendo um dia antes do previsto e foi feito por uma médica que eu não conhecia.

Apesar do nervosismo, tudo ocorreu perfeitamente bem.

O primeiro a nascer foi Rafael, com 2,7 Kg e 49.5 cm. Dois minutos após, nasceu Lucas, com 2,6 Kg e também 49.5 cm.

IMG_3513

 

IMG_3512

A emoção de ouvir o primeiro chorinho de um filho é indescritível! O coração dispara, os olhos enchem de lágrimas e alegria é imensurável! É muita emoção!

Enquanto todas essas sensações maravilhosas aconteciam com o nascimento do Rafael, ao mesmo tempo eu estava preocupada com o Lucas. Foram os dois minutos mais demorados da minha vida. Eu estava doida para ouvir o chorinho dele, saber se estava tudo bem com ele também.

Graças a Deus os dois estavam bem, era tudo o que eu precisava saber naquele momento. Eu estava completamente realizada e feliz. E o papai também.

IMG_3508    IMG_3509

Reparem que, na foto do papai, havia o aviso “No Photographs at Window“, afirmando não ser permitido tirar fotos naquela janela. Porém, só vimos que não era permitido quando revíamos todas as fotos (rsrs).

O vovô e as vovós também estavam babando, olhem só:

SONY DSC SONY DSC

Se vocês observarem bem, era nesta janela de vidro que não podia tirar fotos (rsrs). E os avós estavam lá tirando 500 fotos dos netinhos (rsrs)!

Logo depois que nasceram, eles foram levados para a  NICU (Neonatal Intensive Care Unit), onde ficaram por 4 dias. Enquanto isso, eu tirava meu leite com a bombinha elétrica e levava para eles tomarem, a cada três horas.

SONY DSC SONY DSC

Abaixo são as lembrancinhas que levamos para o hospital, para oferecer aos médicos, enfermeiros e amigos que foram nos visitar:

SONY DSC

Em relação à cesárea, minha recuperação foi muito difícil. Não sei por qual motivo, tive muita dificuldade para levantar e andar nos primeiros dias. Não esperava por isso, pois todas minhas amigas que tiveram parto cesárea tiverem uma recuperação excelente, inclusive, já saíram andando para todos os lados no mesmo dia, como se nada tivesse acontecido.

Não quero desencorajar minhas leitoras com minha experiência complicada de pós-operatório, mas penso ser importante este relato para que vocês estejam preparadas para todas as hipóteses.

Aqui vale a seguinte regra: espere o melhor, mas esteja preparada para o pior. O que eu quero dizer com isso? Esquematize ter uma pessoa para ajudá-la nos primeiros meses, sobretudo se você estiver grávida de gêmeos. Uma ajuda, no início, é fundamental.

Muitas pessoas são resistentes ao fato de ter uma pessoa ajudando em casa. Eu compreendo. Porém, como mãe de gêmeos que sou, recomendo você deixar um pouco de lado essa resistência e aceitar ajuda. Você verá que toda ajuda será sempre muito bem-vinda.

Graças a Deus eu tive ajuda de minha mãe e minha sogra até o 8o mês de vida dos meninos. Elas faziam revezamento entre si. Cada uma ficava aqui por 2 meses. Quando uma voltava para o Brasil, a outra vinha.

Essa ajuda para mim foi essencial, pois além do longo tempo de recuperação da cesárea, os períodos de amamentação também foram difíceis para mim. Mas, em relação à amamentação, vou deixar para comentar o assunto em um outro post, pois há muitos detalhes importantes que gostaria de compartilhar com vocês.

O dia da saída do hospital foi a maior alegria! Sem contar que não tinha uma pessoa que não nos parava no caminho para ver os bebês (rsrs). De fato, gêmeos recém-nascidos chamam bastante atenção! Vejam abaixo do papai carregando nossos pequenos, na saída do hospital:

IMG_3514

Abaixo são nossos amores quando acabaram de chegar “em casa”. Digo “em casa” entre aspas porque ainda estávamos na casa provisória, lembram-se? Rs.

IMG_3515

Resta, por fim, comentarmos sobre a questão dos custos do parto e a possibilidade de consegui-lo de forma gratuita. Contudo, esse tópico será assunto do nosso próximo post! Acompanhem!

Espero que vocês tenham gostado de conferir como foi minha experiência com o parto dos meus gêmeos! Qualquer dúvida, deixem recado para mim abaixo!

Se você gostou do blog e gostaria de receber notificações de novos posts por email, clique no link “seguir” ao lado direito da página! E nossa fanpage do Facebook, já curtiu? 🙂

Até breve! Obrigada pela visita!

www.facebook.com/meustwins

http://i.instagram.com/meustwins

www.meustwins.com

Anúncios

Comments

  1. Alessandra sorato says:

    Olá!! Parabens pelos bebes…sao lindos… E terei meu bebe aqui no Eua tbm,e gostaria de saber se as maternidades aqui dão lista do que a mae deve levar para ela e para o bebe como no Brasil. Obrigada!!

    Curtir

    • Oi Alessandra! Obrigada! 🙂 Respondendo sua pergunta, eu não recebi nenhuma lista da maternidade. Não sei se isso varia conforme o hospital. Levei para o hospital apenas o que foi recomendado pelo meu obstetra. Apenas para que você saiba, na maioria dos hospitais (senão em todos), os bebês só ficam de fraldinha, “embrulhadinhos” na cobertinha do hospital e com uma touquinha (também do hospital). Na primeira foto desse post você pode verificar isso! Então, não precisa de roupinha para o bebê enquanto vocês estiverem no hospital. Só precisa da roupinha que ele vai usar no dia da volta pra casa! Nesse caso, eu recomendo que a roupinha seja um body (manga longa se inverno ou manga curta se verão) + um macacão por cima! Além disso, gorrinho tb. E uma mantinha pra cada um! Veja na última foto do post que foi assim que eu vesti meus gêmeos quando saímos da maternidade! Além dessa roupinha pra sair da maternidade, leve mais um kit extra p/ caso necessite fazer uma troca de roupa no seu bebe. Fora essas roupinhas do bebê, o resto que levei foi para mim: 3 camisolas com abertura adequada p/ amamentação, um hobby, 3 sutiãs de amamentação e seus objetos de higiene pessoais. Programe também uma roupa bem confortável p/ vc no dia da volta p/ casa (e que seja fácil para amamentar). Outra dica que nao pode faltar: uma pomada para passar no bico dos seios (que ajuda a nao ter rachaduras e alivia desconfortos – a que eu recomendo chama-se “Lansinoh”) + conchas de amamentação (elas armazenam o excesso de leite e evita vazamentos)! Mas pergunte ao seu obstetra que ele vai te orientar melhor! Inclusive, ele poderá lhe dizer quais são as regras e recomendações do hospital em que vc terá seu bebê! Espero ter ajudado! Bjs

      Curtir

  2. muito interessante seus posts!!!!!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Alessandra sorato says:

    Ahh mto obrigada Julliana, suas dicas sao valiosas!! Q Deus continue abencoando sua linda familia… Bjoos

    Curtido por 1 pessoa

  4. Hello!!!
    Seus babies são lindos parabéns!!
    Também moro nos USA em Orlando e meu baby de quase três meses nasceu aqui foi Cesaria com 37 semanas pois tive eclampsia e vc sabe que eu também demorei muito para me recuperar da cirurgia e achei que era só eu pois todos diziam que era melhor, mas nossa sofri muito ai quando li e vi que também foi difícil sua recuperacao fiquei mais aliviada.
    Que seus bebies tenham muita saúde sempre!!
    💙👶💙👶

    Curtir

    • É mesmo Liliane? Acho que só nós duas então! kkk. Todas as pessoas que tive conhecimento de que fizeram cesárea tiveram uma recuperação super tranquila! Inclusive, no mesmo dia, já estavam andando p/ lá e p/ cá sem o menor problema! Pensei que comigo seria o mesmo…nunca imaginei que seria tão difícil e doloroso! Agora dou mega preferência pelo parto normal (mesmo sem conhecer as dores do parto normal)…penso que não deve ser pior do que eu passei com a cesárea…a dor do parto normal é momentânea, depois que nascem fica tudo bem rapidamente (penso eu). Obrigada pelo carinho! Beijos p/ vc e seu baby!!

      Curtir

      • Estou mesmo pensando seriamente no próximo ser normal, mas o meu baby não virou e não tive nenhuma dilatação quem sabe o próximo colabora kkk
        Acompanho sempre as fotos dos seus pequenos e adoro!!
        Beijos pra vcs 😘😘😘

        Curtido por 1 pessoa

      • Bem, não sei se posso dizer o mesmo, pois creio que no meu caso não haverá “próximo” (rsrsrs). Mas você tem razão, não é uma questão meramente opcional, depende de vários outros fatores, como a posição do bebê, a dilatação, entre outros. Mas se tudo conspirar para um parto normal, eu iria sem medo (depois de ter passado o que passei com a cesárea)! Foi muito bom você ter participado com sua mensagem, assim as demais leitoras podem ter mais um relato de uma experiência com cesárea. Creio que isso ajudará quem ainda está com dúvidas no assunto cesárea x parto normal! Obrigada! Obs.: você me segue no insta? Se sim, se puder, me mande uma mensagem por lá! Adoraria identificá-la e acompanhar sua história mais de pertinho! Beijos!

        Curtir

  5. Adorei seu post e gostaria de ressaltar que agora somos tres entao kkk !!! Eu tbm sofri horrores no meu pos parto da cesarea de gemeos. Minha medica me disse que nunca tinha visto alguem com a recuperacao tao lenta.
    Eu baixava pra visitar meus meninos na UTI Neonatal de cadeira de rodas porque nao conseguia andar e demorou uns 15 dias pra eu notar alguma melhora. Ainda bem que tudo passa e ficam as experiencias vividas. Obrigada por compartilhar seus momentos conosco. Bjoss

    Curtir

    • Estamos descobrindo que nosso grupo está aumentando!! Já somos um trio agora (srs)! Assim como nós, deve haver mais casos em que a recuperação da cerárea foi difícil! Obrigada pela participação e pela visita Aline! Fico feliz em saber que está gostando do blog! Beijo!

      Curtir

  6. Adorei o post!! Seus filhos sao lindos, parabéns!
    Tenho muita vontade de ter meu nenem nos Estados Unidos e depois voltar para o Brasil.
    Você acha que da certo?
    Existe algum plano ai que eu possa pagar que cobre parto?
    Sei que seguro de viagem não cobre, mas talez possa existir algum meio desse sonho dar certo!!
    Enfim obrigada por dividir sua experiência conosco!!
    Se puder me responder ou aqui ou por email ficaria muito feliz!
    Desde ja agradeço!

    Curtir

    • Oi, Amanda…. sabe que eu estou com a mesma ideia! Rsrs Eu já tive 2 cesareas, agora apareceu um 3 bebê…. no susto! Estou grávida de 3 meses….. estamos planejando ir morar em orlando, mas ainda não nos organizamos, e como minha gravidez apareceu de surpresa, creio que teremos que arcar com os custos, já que plano de saúde contratado particular teria carência a cumprir para poder arcar com os custos do parto. Fiquei sabendo que as clínicas pequenas custam bem menos que hospitais, mas não sei sobre os valores e nem a indicação de nenhuma em especial. Você conseguiu alguma informação nesse sentido?
      Gente, fiquei horrorizada de saber sobre a recuperação de vocês….. nas 2 vezes que eu fiz nem parecia que eu tinha operado….. senti nada além de medo de sentir dor….. que graças à Deus não apareceu! Só me recomendaram não ficar abaixando e levantando para não movimentar o abdômen, que estava com pontos, porque eu não sossegada parada no quarto! Rs
      Beijos e boa sorte para todas!

      Curtir

  7. Olaaaa

    Tive dois partos 2 cesarianas e doeu claro mas depois de uns 3 dias começou a melhorar a maior dor para mim foi quando tive de ir pela primeira vez ao banheiro e tb tomar banho uiiiii descer por aquele degrau ao lado da maca foi punk mas passa né bjs e parabéns pelos vídeos e pelo bom humor

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s